Panturrilhas – 6 exercícios e dicas para desenvolver os músculos

Panturrilhas – 6 exercícios e dicas para desenvolver os músculos

É de conhecimento de muitos que o desenvolvimento muscular, também chamado de hipertrofia, não acontece por mera mágica.
O processo dos ganhos de massa magra é um desafio que requer trabalho árduo, determinação e principalmente disciplina.
E isso vale para todos os grupos musculares de nosso corpo.
Entretanto, é bastante comum ver pessoas, a grande maioria homens, na academia com a cintura para cima bem trabalhada, mas a panturrilha fina.
Isso acontece porque a maioria dos homens que praticam musculação deixam esse músculo de lado apenas por pensar que ele já está bem desenvolvido, ou não vai conseguir desenvolvê-lo.
Mas acontece que a mesma regra vale para todos os músculos de nosso corpo: ou você trabalha o músculo para que ele desenvolva, ou ele não crescerá.
E isso também vale para panturrilha.
Isso significa que para ter uma panturrilha trincada, é preciso trabalhar também sua musculatura, sem preguiça e má vontade. Ou isso, ou você permanecerá com panturrilhas de sabiá.
Pois bem, partindo desse princípio, então, mostraremos neste artigo 5 excelentes dicas para ter uma panturrilha trincada!
Confira!
Exercício de Panturrilha em pé

Esse exercício para panturrilha é bastante popular dentro das academias, já que é um dos mais executados dentro do cronograma dos atletas que praticam musculação.
Ele pode ser executado tanto dentro das academias como ao ar livre, já que não precisa necessariamente de aparelhos musculares.
Para fazer esse exercício, basta ficar em pé com as pontas dos pés sobre um bloco.
Nos degraus de uma escada e no paralelepípedo também é possível executar esse exercício.
O importante é que os calcanhares ficarão fora do apoio.
Então nessa posição você deve descer os calcanhares até que eles cheguem a ficar abaixo da linha dos seus dedos, descer o máximo que você puder.
Depois disso, suba alternando entre descida e subida.
Dentro da academia, o instrutor orientará sobre a quantidade de vezes que você deve subir e descer até concluir o exercício.
Esse exercício trabalha o músculo gastrocnêmio, bem como o músculo solear de maneira secundária.

Elevação da panturrilha

Esse exercício é bastante parecido com o citado anteriormente.
Você deve se posicionar sobre um bloco, mantendo os calcanhares fora desse bloco. Mantenha as pernas afastadas na altura dos seus ombros.
Calcanhares para fora, ponta dos dedos no bloco e pernas ligeiramente afastadas. Vamos à execução.
Para executá-lo é bastante simples.
Diferente do exercício anterior onde você tinha que descer seu calcanhar abaixo da plataforma, esse exercício pede que você erga seu calcanhar em vez de descê-lo.
Erga o máximo que você puder e sinta os músculos sendo trabalhados.

Elevação da panturrilha com apenas uma perna

Para executar esse exercício de panturrilha, basta ficar em pé, com uma das pernas flexionadas enquanto a outra se mantém esticada.
Então, basta erguer o calcanhar da perna esticada e alternar os movimentos entre subida e descida.
Você pode repetir o movimento a quantidade de vezes que forem necessárias. O importante é sentir o trabalho muscular dos músculos da panturrilha.

Panturrilha em pé feita com barra ou com aparelho

Para executar esse exercício, você deve ficar na mesma posição que as citadas anteriormente, porém com os dois pés no chão, porém com uma diferença: segurando uma barra sobre os ombros.
Importante: mantenha suas pernas afastadas na altura dos ombros.
Assim que estiver nessa posição, erga os dois calcanhares e até sentir os músculos serem trabalhados.
Esse exercício é bastante eficiente, já que além do peso de seu próprio corpo, o trabalho muscular das panturrilhas também contará com o peso da barra.

Elevação da panturrilha sentado e com barra ou aparelho

Para executar esse exercício, basta que você se sente em um banco reto e coloque bloco de aproximadamente 40 cm no chão.
Esse bloco ficará em frente ao banco. Posicione a ponta dos seus pés sobre o dedo deixando o calcanhar novamente sem apoio.
Peça para que alguém coloque a barra sobre a parte superior de sua coxa, em uma distância de aproximadamente 7,5 do joelho.
Mantenha a barra segura para que não haja risco de ela cair.
Agora que você está na posição certa, mantendo sempre a coluna reta, basta começar a executar o exercício.
Para isso, erga e desça seus calcanhares até sentir que os músculos de sua panturrilha estão sendo trabalhados.
É importante que você saiba, através de uma orientação, quantas repetições (subidas e descidas) você terá que fazer.
Dicas finais para você!
Agora que você viu como os exercícios de panturrilhas podem ser fáceis de serem praticados, não tenha preguiça e coloque esses músculos para trabalhar.
Lembre-se que o ideal de se trincar o corpo na musculação é que todos os músculos fiquem igualmente trabalhados, e não um mais trabalhado que o outro.
E sucesso em seu objetivo e ganhos de hipertrofia!

Deixe uma resposta

Fechar Menu